Pesquisar este blog

Traduções

Visitas


Counter

Quem Sou Eu: Fabrício Siqueira

Minha foto
Nascido na cidade de Bom Jesus do Itabapoana, no norte do estado do Rio de Janeiro. Biólogo, Astrônomo amador e autodidata em diversas áreas de conhecimento.

Email:

  • Meu email: phoenixfabricio07@gmail.com

Parceiros

Parceria



Notas do Autor

* O conteúdo dos textos postados nesta página estará sempre sujeito à revisões visando possíveis atualizações a respeito de cada tema postado. Modificações nos textos poderão também ocorrer caso haja a necessidade de corrigir erros que porventura possam estar contidos nas informações aqui publicadas.

* Caso o leitor queira tirar dúvidas ou queira maiores esclarescimentos em relação ao conteúdo das postagens, o espaço de comentários poderá ser utilizado também para este fim .

* Este Blog foi criado visando atingir um público leigo e mediano no que se refere ao conhecimento científico-filosófico e, portanto, informações complexas e detalhadas a respeito de cada tema estão além do escopo desta página. Ao final de muitas postagens são citadas referências e outras fontes para aqueles que buscam um maior aprofundamento em relação ao assunto que está sendo abordado.

* Certas imagens ou vídeos postados nesta página da web poderão conter elementos fortes e inapropriados para algumas pessoas.

20 de mar de 2010

Você Sofre de "Normose"?

Recebi o texto a seguir via email e gostaria de compartilhar com os leitores deste blog:

"Todo mundo quer se encaixar num padrão. Só que o padrão propagado não é exatamente fácil de alcançar. O sujeito "normal" é magro, alegre, belo, sociável, e bem-sucedido. Bebe socialmente, está de bem com a vida, não pode parecer de forma alguma que está passando por algum problema. Quem não se "normaliza", quem não se encaixa nesses padrões, acaba adoecendo.

A angústia de não ser o que os outros esperam de nós gera bulimias, depressões, síndromes do pânico e outras manifestações de não enquadramento. A pergunta a ser feita é: quem espera o quê de nós? Quem são esses ditadores de comportamento que "exercem" tanto poder sobre nossas vidas? Nenhum João, Zé ou Ana bate à sua porta exigindo que você seja assim ou assado.

Quem nos exige é uma coletividade abstrata que ganha "presença" através de modelos de comportamento amplamente divulgados. A normose não é brincadeira. Ela estimula a inveja, a auto-depreciação e a ânsia de querer ser o que não se precisa ser. Você precisa de quantos pares de sapato? Comparecer em quantas festas por mês? Pesar quantos quilos até o verão chegar? Então, como aliviar os sintomas desta doença?

Um pouco de auto-estima basta. Pense nas pessoas que você mais admira: não são as que seguem todas as regras bovinamente, e, sim, aquelas que desenvolveram personalidade própria e arcaram com os riscos de viver uma vida a seu modo.

Criaram o seu "normal" e jogaram fora a fórmula, não patentearam, não passaram adiante. O normal de cada um tem que ser original. Não adianta querer tomar para si as ilusões e desejos dos outros. É fraude. E uma vida fraudulenta faz sofrer demais.

Eu simpatizo cada vez mais com aqueles que lutam para remover obstáculos mentais e emocionais e tentam viver de forma mais íntegra, simples e sincera. Para mim são os verdadeiros normais, porque não conseguem colocar máscaras ou simular situações. Se parecem sofrer, é porque estão sofrendo.

E se estão sorrindo, é porque a alma lhes é iluminada. Por isso divulgue o alerta: a normose está doutrinando erradamente muitos homens e mulheres que poderiam, se quisessem, ser bem mais autênticos e felizes."
(Michel Schimidt- Psicoterapeuta)

[ ]´s

4 comentários:

  1. Foi bom ler esse texto, são tantos comportamentos e doeças que acabam surgindo que nem sabemos.
    O ruim é que a sociedade cria padrões e as pessoas só acham que se estiverem em tais padrões vão ser alguém melhor, eu reconheço que tenho baixa auto-estima, isso depende muito do dia, porque muitas vezes estou bem, o nosso psicólogico tenta nos transformar em quem não somos na verdade.

    Eu sou eu mesma, mas estando sozinha não sei demostrar minha personalidade, mas isso já é outro caso.srsrs

    Bjos, Boa Tarde!

    ResponderExcluir
  2. Oi!

    Você gostaria de fazer parceria, se aceitar me mande uma respota.

    =)

    ResponderExcluir
  3. Ok,
    já comecei a divulgar o seu blog. =)

    Bjos!

    ResponderExcluir
  4. Pois é, Fran! Parece q vivemos em uma sociedade q exclui os que não seguem um determinado padrão. Eu por exemplo vejo muito isso acontecer em minha cidade, onde para ser bem aceita, a pessoa "precisa" ser como os outros querem que vc seja. Lamentável... Prefiro a autenticidade SEMPRE! Não nasci para seguir padrões e muito menos as "modinhas"! ;)

    Beijos para ti!

    ResponderExcluir

Related Posts with Thumbnails
Ocorreu um erro neste gadget